IESGM Mantenedora

“Educar é mais do que ensinar a ler, a escrever ou calcular; é preparar o indivíduo para o mundo para que ele possa vê-lo, julgá-lo e transformá-lo”

Solange Guimarães Mussi

 

O Colégio Eduardo Guimarães tem como mantenedora a Instituição Educacional Solange Guimarães Mussi, uma fundação filantrópica de Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal. A IESGM foi criada em 1985, em homenagem à primeira diretora da escola, Solange Guimarães Mussi, falecida no mesmo ano.

A intenção era ampliar o trabalho do colégio Eduardo Guimarães, que já atendia alunos da pré-escola, do ensino fundamental e médio, e da educação para jovens e adultos (EJA). Foram inseridos cursos de caráter profissionalizante, para colocar no mercado de trabalho alunos portadores de necessidades educativas especiais.

A profissionalização torna possível a descoberta de habilidades e competências, visando à autonomia e ao exercício da cidadania

Atualmente, a IESGM atende crianças, adolescentes e adultos que apresentam problemas nas áreas: neurológica, psicomotora, cognitiva, física e/ou emocional, visando principalmente a sua inclusão social. Trabalha a aprendizagem daqueles que, pelas suas defasagens ou patologias apresentadas, não podem frequentar (definitiva ou temporariamente) o sistema regular de ensino. Esses alunos são atendidos individualmente ou em pequenos grupos, com ênfase na socialização; são observadas as aptidões de cada um sem, no entanto, deixar de levar em consideração o ritmo e a individualidade.

Durante os anos de nossa existência ampliamos nossos horizontes, sem, contudo deixarmos de ser uma instituição caracterizadamente acolhedora.

Concluindo, nossa missão é: constituirmos uma instituição democrática que inclui e integra, investindo numa mudança de olhar em relação à diversidade, da superação de preconceitos e de crenças discriminatórias.